segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Programando o FMC

Olá galera...Agora vamos programar o famoso FMC... Vou instruir a programar o FMC, dos BOEING. Me disseram que se você mexe no FMC, o FMGS, da Airbus, fica moleza. Mas, como já disse, odeio os Airbus, portanto, não os uso.
Ok, antes de começar, vou explicar um pouco sobre os métodos de navegação. Temos 4 tipos de descidas:
Bravo - Aproximação por radar
Charlie - ILS
Delta - VOR, VOR/DME
Echo - NDB
A aproximação por radar é a mais precisa, sendo utilizada pra pouso em porta-aviões, por exemplo. A Descida por ILS(Instruments Landing System-Sistema de Pouso por Instrumentos) é a mais utilizada para pouso, em que a aeronave pousa inteiramente pelos sistemas da aeronave. A descida por VOR é a aproximação visual de precisão, e NDB é aproximação visual de não precisão. Bom, o FMC não faz nada além de gerar um plano de vôo por meio de transições, saídas e chegadas(SIDs e STARs) armazenadas. E o que são as SIDs e as STARs? São apenas rotas pré definidas para sair do campo de navegação do aeródromo. Ok, agora que você já sabe o necesário, vamos programar o FMC. Na tela inicial do FMC, no canto inferior direito da tela, terá a opção de ir para a janela "INIT POS", que é a posição em que a aeronave se encontra. Lá, coloque o ICAO do aeródromo de saída. Após esse passo, toda vez ' preencher a página, o botão "EXEC" irá acender. Clique nele sempre que acender, ele vai apagar. Então, vá para a página "ROUTE", também no canto inferior direito da tela. Então, nessa janela, coloque o aeródromo de saída e o aeródromo de chegada. Feito isso, clique no botão "DEP ARR". É aí que selecionamos as saídas, chegadas e transições para a navegação. Selecione a saída, a chegada e as transições das saídas e das chegadas conforme a carta de vôo. Você só seleciona uma transição prara a saída e outra para a chegada, o FMC seleciona automaticamente as outras. Após selecionas as SID, STAR e Trans, clique no botão "INIT REF". Nessa janela, você fornecerá todos os dados com relação ao vôo, como ZFW ou GW, altitude de cruzeiro e COST INDEX. O COST INDEX é o índice d inércia da aeronave. Isso varia de modelo por modelo. O padrão para a família 737, por exemplo, é 30.
Ok, após preencher a tela "INIT REF" e apagar o "EXEC", vai aparecer no canto direito inferior "N1 Limit", clique ali, e então, no mesmo lugar, vai aparecer "TAKEOFF". Clique ali e entre na página. Configure os Flaps, e então o FMC dará a V1, Vr e a V2. Vá no seletor de velocidade do AP(Piloto Automático) e coloque a V2+20 nós. Então, volte para o FMC, clique no botão "LEGS" e elimine as descontinuidades da rota(route discontinuity). Feito isso, vá para o painel do AP novamente, coloque no seletor de altitude a altitude de cruzeiro. Após isso, ligue o "LNAV", o "FD" e o "AT", que é o Auto Throttle. Ele controla a velocidade da aeronave.
Pronto! Agora é só taxiar e decolar.Peraí...Como se faz isso corretamente???É o que vou explicar no próximo artigo.
Um abraço a todos!

2 comentários:

  1. Muito obrigado pela explicação do FMC. Já agora uma pergunta sabe qual é o cost index utilizado num B744?

    Abraço

    ResponderExcluir